Presidente da CPI mista afirma que investigações podem ter fim melancólico

Oposição espera pela criação de CPI exclusiva no Senado, onde há maior equilíbrio de forças com a base governista

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito, senadora Marisa Serrano (PSDB), afirmou que a investigação poderá ter um fim melancólico, caso novos fatos não ocorram nos próximos dias.

O grupo oposicionista, minoritário na comissão que investiga desvios no uso dos cartões corporativos, viu muitos de seus requerimentos para a convocação de membros do governo e servidores públicos serem rejeitados pelos parlamentares situacionistas. Segundo a senadora, não foi possível atingir os objetivos da comissão.

Uma nova CPI

Deverá ser lido em plenário o requerimento para a criação de uma nova comissão, que funcionará exclusivamente no Senado Federal, casa em que a correlação de forças entre situação e oposição é mais equilibrada, o que poderá dar maior margem de manobra política aos adversários do governo.

Aprenda a investir na bolsa

Entretanto, o governo reagiu às pressões em relação ao suposto dossiê sobre gastos pessoais realizados pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, anunciando a entrada da Polícia Federal nas investigações sobre o vazamento das informações. A oposição, todavia, pede investigações a respeito de sua elaboração.