RADAR INFOMONEY Por que o Santander surpreendeu o mercado? Veja as perspectivas para as ações dos bancos

Por que o Santander surpreendeu o mercado? Veja as perspectivas para as ações dos bancos

Premiê do Japão e presidente sul-coreano se encontram em outubro para reatar laços

Shinzo Abe e Roh Moo Hyun concordaram em colaborar para normalizar laços diplomáticos e resolver questões delicadas

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O novo primeiro ministro do Japão, Shinzo Abe, irá a Seoul, na Coréia do Sul, por volta do dia 7 de outubro, se encontrar com o presidente Roh Moo Hyun, numa tentativa recíproca de estreitar os enfraquecidos laços entre as duas nações vizinhas.

Os líderes conversaram, por telefone, na quinta-feira (28) e concordaram em colaborar para a normalização dos laços diplomáticos e resolução de assuntos delicados de segurança, como o programa nuclear e os mísseis sul-coreanos, além da questão dos raptos de cidadãos japoneses.

China na lista

O governo considera também a possibilidade de marcar um encontro entre Abe e Hu Jintao, presidente da China, outro país vizinho com quem o Japão mantém relações espinhosas.

Aprenda a investir na bolsa

Ainda não há certezas, já que os chineses querem que o premiê japonês se comprometa a não visitar o mausoléu Yasukuni, como fazia seu antecessor, em respeito aos soldados lá enterrados.

As visitas eram consideradas ofensivas pelos vizinhos, já que no local estão os restos mortais de condenados por crimes de guerra. Abe disse que a decisão será tomada baseada em crenças pessoais.