Estimativa

Prejuízo da Petrobras com empreiteiras que pagaram Lula foi de R$ 20 bi, estima Lava Jato

Laudo da PF anexado a denúncia contra ex-presidente registra que contratos da estatal com seis empreiteiras podem ter registrado sobrepreço

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, laudo da Polícia Federal anexado à denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aponta que as empreiteiras que pagaram o petista direta e indiretamente foram responsáveis por um prejuízo de R$ 20 bilhões para a Petrobras entre 2004 e 2014. 

Odebrecht, Queiroz Galvão, Camargo Corrêa, UTC, Andrade Gutierrez e OAS pagaram Lula por palestras – após sair do governo, em 2011 – ou fizeram doações ao Instituto Lula. Já duas delas, a OAS e a Odebrecht, são acusadas de custearem bens e benefícios pessoais ao Lula. Entre as “benesses” estariam o apartamento tríplex do Edifício Solaris, no Guarujá (SP), o custeio de armazenamento de bens pessoais por empresa especializada de São Paulo e a compra e as reformas do Sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP). Do rombo total estimado, R$ 3 bilhões se relacionam a pagamentos de propinas das seis empreiteiras nos dez anos que o esquema de fraudes e corrupção em contratos da Petrobras teria ocorrido. A acusação do MPF coloca o petista como o “comandante” da sistemática de loteamento político para arrecadação de propinas engendrada na estatal, sob o controle do PT, PMDB e PP. Os crimes só eram mantidos devido ao conluio de políticos e agentes públicos com o cartel de empreiteiras.

“Considerando que em ambiente cartelizado a competitividade fica praticamente descartada, estima-se que os percentuais de lucros excessivos aplicados pelas empreiteiras cartelizadas possam ter variado entre o mínimo de 3%, correspondente aos valores repassados a partidos e políticos e aos ex-funcionários da Petrobrás, podendo chegar a até 20%, limite superior aceito em grande parte dos contratos firmados”, afirmam os peritos criminais federais Audrey Jones de Souza, Raphael Borges Mendes e Jefferson Ribeiro Braga.

Aprenda a investir na bolsa

Os números constam do Laudo Pericial 2311/2015 da Lava Jato da Polícia Federal, em Curitiba. Os peritos fizeram uma estimativa de valores indevidos pagos pela Petrobras para 28 empreiteiras que integravam o suposto cartel ou foram beneficiadas por ele. 

(Com Agência Estado)