Na Real Na Tv

Por que uma esmagadora parcela da população está insatisfeita – e as consequências disso

O programa Na Real na TV entrevistou o presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles

SÃO PAULO – O programa Na Real na TV desta segunda-feira (1) entrevistou o presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles. Desde 2013, a população segue descontente e insatisfeita; ela estava insatisfeita sobre o que era o governo do PT, o que levou que apoiasse a eleição de Dilma, mas as mesmas insatisfações continuam no governo Temer. “Hoje os brasileiros não querem nem Dilma, nem Temer, querem uma nova eleição presidencial. O que está por trás disso é um sentimento de orfandade, como se não enxergasse luz no fim do túnel”, afirma.

Em uma pesquisa perguntando quem seria aquele que tiraria o País da crise, 89% não souberam responder, mas 11% disse o nome de alguém, e o mais citado foi o Papa Francisco. Ele destaca a visão da população sobre o impeachment e reforma que, mais do que tirar a presidente Dilma Rousseff, as classes populares querem mudar o jeito de fazer política. 

Em relação às eleições, Meirelles avalia que os pleitos municipais devem favorecer as chamadas oposições porque “se quer mudar tudo o que está aí” e, em 2018, os outsiders devem ganhar forças uma vez que o sistema partidário, na ânsia de se manter no poder, vai apoiar alguém que esteja fora do establishment político. 

PUBLICIDADE

Confira o programa Na Real na TV: