Economia

Por que tanta desconfiança com o governo?, respondem Belluzzo, Murilo Ferreira e Trajano

.

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Um dos piores problemas que o Brasil vem enfrentando é uma comunicação falha com a população, sinalizaram Luiz Gonzaga Belluzo, um dos economistas mais influentes dos governos Lula e Dilma, Murilo Ferreira, presidente da Vale, e a presidente da Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, durante o “Fórum Brasil: diálogos para o futuro”, promovido pela revista Carta Capital, nesta quarta-feira (19).  

Belluzzo: Brasil deve crescer mais em 2014 do que no ano passado
Para o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, o Brasil deve crescer mais neste ano do que em 2013, depois de um período de tímido desempenho da indústria brasileira por conta de uma longa fase de câmbio valorizado, que está sendo revertido agora e já deve trazer uma reação mais rápida nesse setor.

Belluzzo ressaltou ainda a necessidade de reformas tributária e política, além de investimentos pesados em educação a longo prazo para o Brasil consolidar um crescimento econômico menos dependente do humor externo. Além disso, ele comentou que o País precisa superar a partidarização das discussões políticas econômicas para desenvolver planos e estratégias de longo prazo e traçar uma comunicação mais clara com a sociedade. 

Aprenda a investir na bolsa

Murilo Ferreira: “chegou a vez dos emergentes”
O presidente da Vale (VALE3; VALE5), Murilo Ferreira, destacou que acredita nos países que formam os Brics e que “chegou a vez dos emergentes”, apontando que a empresa tem uma visão positiva no longo prazo, investimento atualmente no Brasil de cerca de US$ 9,1 bilhões por ano. “Temos um viés de crescimento e vamos para frente. A mineração é um setor importante para o País, pois tem geração de emprego e aumento nos investimentos estruturais no Brasil”, comentou.

Ele, no entanto, fez críticas a antecipação do debate eleitoral. “O debate político está contaminando a discussão econômica. Cada grupo está ligado a um partido e fala uma coisa. Mas ainda assim isso não isenta os pontos positivos e negativos do governo”, disse, citando o desemprego em baixa, mas um déficit em transações correntes recorde em 2013.

Luiza Trajano: otimismo, principalmente com o varejo

Luiza Helena Trajano

A presidente da varejista Magazine Luiza (MGLU3), Luiza Trajano, mostrou-se bem otimista, principalmente com o setor de varejo. “Tivemos um janeiro espetacular, um fevereiro muito bom e março que está indo pelo mesmo caminho”, disse. Para ela, as políticas sociais e moradias populares, como o programa Minha Casa, Minha Vida, são motivo para boas expectativas, já que os imóveis significam a venda de móveis e eletrodomésticos. O que falta no Brasil ainda, segundo Luiza, é uma união dos representantes políticos. O país parece mergulhado em um estado de depressão e o governo não esclarece os números. “A comunicação está muito ruim, ainda muito fragmentada. Os governantes precisam se comunicar. A presidente Dilma precisa falar mais aberta e claramente com a população”, ressaltou.