Onda marineira?

Por que a vantagem de Marina sobre Dilma começou a cair?

Especialistas falaram ainda sobre a possibilidade de Aécio deixar de disputar a corrida já no primeiro turno e apoiar formalmente a candidatura da ex-senadora.

SÃO PAULO –  Os recentes números da pesquisa CNI/Ibope confirmaram que a vantagem que Marina Silva, do PSB, sustentava frente à Dilma Rousseff, do PT, nas pesquisas de intenção de voto diminuiu acentuadamente.

Convidados pelo Infomoney, Jacqueline Quaresemin, professora da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) e diretora da Opinare Pesquisa, e José Maria Júnior, professor da Faculdade Rio Branco, explicaram os motivos que interferiram na queda da pessebista nos levantamentos. Além dos ataques dos adversários, a inconsistência de Marina teria contribuído para o recuo das intenções de voto que a pessebista apresentou.

Além disso, especialistas refutaram a possibilidade de Aécio Neves, candidato ao Planalto pelo PSDB, deixar de disputar a corrida já no primeiro turno e apoiar formalmente a candidatura da ex-senadora. Confira o vídeo: 

PUBLICIDADE