Popularidade de Abe aumenta com mudança de ministros

Segundo pesquisa, o apoio popular ao premiê japonês aumentou 11,5%, um dia depois de realizada a reforma ministerial

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A reforma ministerial anunciada no início da semana pelo primeiro-ministro Shinzo Abe parece que já está surtindo efeitos entre a população. De acordo com pesquisa divulgada na terça-feira (28), um dia após a mudança ser realizada, o apoio dos japoneses ao premiê atingiu 40,5%, o que representa um crescimento de 11,5%.

Abe teve de mudar os principais ministros do seu governo em resposta à derrota que sofreu nas eleições do último dia 29 de julho.

Com as alterações, nomes conhecidos do governo japonês deixaram seus cargos. Os novos ministros têm um perfil mais sério, pertencem a diferentes facções do Partido Liberal-Democrata (PLD) – grande vencedor das eleições – e possuem idade avançada, mais de 60 anos em geral.

Alterações

Aprenda a investir na bolsa

O titular de Assuntos Exteriores, Taro Aso – foi designado secretário-geral do PDL – e foi substituído por Nobutaka Machimura, que já esteve à frente da pasta de Exteriores.

Para Finanças, foi escolhido Fukushiro Nukaga, enquanto no Ministério da Defesa entrou Masahiko Komura, que substituiu Yuriko Koike, a primeira mulher à frente da Defesa japonesa. Já o Ministério da Saúde ficou com o antigo comentarista político Yoichi Masuzoe.

O ministro porta-voz, Yasuhisa Shiozaki, deixou o Executivo, e o ex-ministro da Educação Kaoru Yosuno, assumiu a pasta.