Inquérito em andamento

Polícia Federal pede ao STF prorrogação de inquérito contra Lula e Dilma

Ministro do STF deve pedir opinião da Procuradoria-Geral da República antes de tomar uma decisão

SÃO PAULO – A PF (Polícia Federal) pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) que prorrogue o inquérito para investigar se os ex-presidentes petistas Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva participaram de um acordo para obstruir a Operação Lava Jato.

Segundo o jornal Valor Econômico, o próximo passo depende de o relator do caso no STF, ministro Teori Zavascki, pedir que a Procuradoria-Geral da República se manifeste sobre o tema para, então, decidir sobre os desdobramentos do inquérito.

De acordo com a reportagem, tanto Dilma como os ex-ministros da Justiça José Eduardo Cardozo e do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Francisco Falcão e Marcelo Navarro Dantas prestaram depoimentos sobre o caso em dezembro.

PUBLICIDADE

Os três ministros e o ex-titular da Casa Civil Aloizio Mercadante também são investigados no caso. As suspeitas surgiram na delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral.