Investigação

Polícia Federal intima dona Marisa e filho de Lula para depor sobre sítio de Atibaia

A propriedade é alvo de investigações da Operação Lava Jato e acredita-se que o ex-presidente seja o responsável pelas reformas feitas no imóvel nos últimos anos

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A Polícia Federal intimou nesta segunda-feira (8) a ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva e o filho mais velho do ex-presidente Lula, Fábio Luíz Lula da Silva, a prestarem “esclarecimentos” sobre a compra e reformas no Sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP), segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo. A propriedade é alvo de investigações da Operação Lava Jato.

Além dos dois, foram intimados também os donos oficiais do imóvel, os empresários Fernando Bittar e Jonas Suassuna, que são sócios da família de Lula. O despacho foi registrado no dia 4 de agosto. Além da compra e reforma do sítio, Lula é investigado também sobre o tríplex do Edifício Solaris, no Guarujá, e sobre recebimentos do Instituto Lula e da empresa LILS Palestras e Eventos.

Recentemente, um laudo produzido pela PF sobre esta propriedade em Atibaia apontou que o imóvel foi reformado em duas ocasiões pelas empreiteiras OAS e Odebrecht, com a participação direta de outro alvo da Lava Jato, o pecuarista amigo de Lula José Carlos Bumlai.

PUBLICIDADE