Eleições 2018

Polícia Federal avalia troca da chefia de segurança de Bolsonaro após desentendimento

Bolsonaro teria dispensado o chefe de sua segurança, mas ele não tem poder para tomar esse tipo de decisão

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O candidato Jair Bolsonaro (PSL) teve um desentendimento com o chefe da equipe de policiais federais que cuida de sua segurança pessoal logo após votar, segundo o jornal O Estado de S. Paulo

O delegado Antônio Marcos Teixeira teria repreendido seus agentes por terem permitido que Bolsonaro colocasse parte do corpo para fora do carro em que estava para acenar a apoiadores em sua chegada ao condomínio em que mora após votar no Rio de Janeiro. 

Após o ocorrido, o Estadão informa que Bolsonaro teria dispensado o delegado de sua segurança, mas como ele não tem poder para tomar esse tipo de decisão, a Polícia Federal avaliará a situação.

Aprenda a investir na bolsa

Caso ele saia vencedor das urnas hoje, a Polícia Federal decidirá na segunda-feira (29) se a troca de seu chefe de segurança será concretizada. 

Proteja seu dinheiro e conte com assessoria gratuita para seus investimentos: abra uma conta de investimentos na XP com taxa ZERO para TED e manutenção de conta!