PMDB volta a pressionar por troca no comando da Fundação Real Grandeza

Segundo presidente da Associação dos Aposentados de Furnas, Tânia Vicente, o grupo fará forte oposição à troca

SÃO PAULO – Depois de um intervalo de alguns meses, o PMDB voltou a pressionar para que a Fundação Real Grandeza, patrocinadora do fundo de pensão da Furnas, substitua seu presidente e seu diretor de investimentos.

O ex-prefeito do Rio de Janeiro, Luiz Paulo Conde (PMDB), tentou várias vezes durante o final do ano passado, porém sem nenhum sucesso, substituir o atual presidente da companhia, Sérgio Wilson Fontes e seu diretor, Ricardo Nogueira.

Segundo a presidente da Após-Furnas (Associação dos Aposentados de Furnas) Tânia Vera Vicente, as discussões e as tentativas da troca dos dirigentes da Real Grandeza, considerados bons gestores por funcionários desta, foram retomadas.

Oposição

PUBLICIDADE

De acordo com ela, na próxima segunda-feira (16) os aposentados voltarão a realizar manifestações em prol da manutenção dos mandatos de Fontes e Nogueira, seguindo a mesma reação esboçada durante o ano passado.