Resumo dos jornais

PMDB e PSDB disputam substituto de Moraes na Justiça; confira os mais cotados

Presidente avalia convidar o ex-ministro Nelson Jobim, que é filiado ao PMDB e ocupou o mesmo cargo no governo de Fernando Henrique Cardoso, segundo a Folha

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

(Bloomberg) — PMDB cobra do presidente Michel Temer o controle do Ministério da Justiça como contrapartida por ter entregue ao PSDB a Secretaria de Governo, diz Folha de S.Paulo sem revelar como obteve a informação.

Presidente avalia convidar o ex-ministro Nelson Jobim, que é filiado ao PMDB e ocupou o mesmo cargo no governo de Fernando Henrique Cardoso, segundo a Folha
O Globo diz, citando um senador do PMDB não identificado, que membros do partido marcaram encontro na noite desta segunda-feira para discutir o assunto
Entre os deputados do PMDB era discutida a indicação de Osmar Serraglio, que presidiu a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara até o fim do ano passado, segundo O Globo
No PSDB, nomes cogitados são os dos senadores Aloysio Nunes e de Antonio Anastasia, que já ocupou interinamente o Ministério da Justiça, diz O Globo, citando membros não identificados do partido
Folha de S.Paulo também menciona Anastasia sendo defendido pelo PSDB
Temer disse a aliados que não escolherá agora o novo ministro da Justiça e que irá aguardar a aprovação de Moraes no Senado, segundo O Globo
Avaliação de assessores não identificados de Temer é de que o presidente não abrirá mão de um nome de sua confiança, mas que poderá procurar a bancada, diz O Globo
Folha diz ainda que Temer tem sido aconselhado por assessores e auxiliares a não indicar um nome com vinculação política
Temer estaria considerando os nomes dos ex-ministros do Supremo Carlos Ayres Brito e Ellen Gracie, que são considerados conselheiros informais do presidente em questões jurídicas e foram sondados para cargos em maio, mas não aceitaram, diz Folha sem revelar como obteve a informação
NOTA: Nesta segunda-feira, presidente Temer decidiu submeter à aprovação do Senado o nome do atual ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, para a vaga de ministro do STF, segundo comunicado do Palácio do Planalto

 

Esta matéria foi publicada em tempo realapara assinantes do serviço BloombergaProfessional.

Aprenda a investir na bolsa