Desembarque

PMDB de Minas decide romper com Dilma, diz portal; decisão pode ser unânime

Embora ainda haja necessidade dos dois encontros para a definição de uma posição formal, a reportagem diz que um parlamentar peemedebista garantiu que neste momento todos no partido apoiam o rompimento

SÃO PAULO – Outra ala que poderia representar um foco de resistência governista frente à tendência de debandada peemedebista, a bancada do partido em Minas Gerais também deve romper com o governo Dilma Rousseff, em decisão que deve ser ratificada nesta terça-feira (29). Segundo informações do portal O Tempo, a decisão será confirmada pelo diretório da sigla no estado, em reunião convocada para esta tarde por Antônio Andrade, presidente do PMDB-MG e vice-governador do estado.

Embora ainda haja necessidade dos dois encontros para a definição de uma posição formal, a reportagem diz que um parlamentar peemedebista garantiu que neste momento todos no partido apoiam o rompimento. Atualmente, a ala mineira da sigla possui o ministério da Aviação Civil, comandado por Mauro Lopes, decisão tomada poucos dias após a convenção do partido e que provocou desconforto no partido.