AO VIVO Por Dentro dos Resultados: Vice-presidente e diretor de RI da Raia Drogasil comentam os números da rede de drogarias

Por Dentro dos Resultados: Vice-presidente e diretor de RI da Raia Drogasil comentam os números da rede de drogarias

Lava Jato

PGR irá recorrer da decisão do Supremo que pode tirar Lula das mãos de Moro

"A minha expectativa é de que caiba um recurso e que nós consigamos apresentar um argumento cabível de ser examinado nessa frase processual e nessa situação", disse Raquel Dodge

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou nesta sexta-feira (27) que a PGR (Procuradoria Geral da República) irá recorrer da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) qual decidiu retirar das mãos de Moro as menções da delação da Odebrecht que investigam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“A minha expectativa é de que caiba um recurso e que nós consigamos apresentar um argumento cabível de ser examinado nessa frase processual e nessa situação”, disse Dodge na saída de um encontro com magistrados em Paris.

A decisão da Segunda Turma por três votos a dois nesta semana abriu um novo caminho de atuação pela defesa do ex-presidente, que ganha armas para tentar reverter condenação no caso do tríplex, modificar o andamento de outros processos o líder petista e até mesmo libertá-lo da prisão. A procuradora teme que a decisão crie margem para contestações em outros casos investigados pela Lava Jato.

PUBLICIDADE

“O conteúdo da decisão e suas consequências é o que nós estamos estudando nesse momento. A possibilidade recursal agora é pequena e eu tenho de saber exatamente o que é possível fazer”, afirmou a procuradora, que irá dar prioridade ao caso quando retornar ao Brasil nesse final de semana.