POLÍTICA

PF tenta ouvir Lula há sete meses sobre escândalo do mensalão

Polícia Federal tenta obter o depoimento do ex-presidente Lula como testemunha no inquérito sobre supostos repasses ilegais da Portugal Telecom ao PT

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Faz sete meses que a Polícia Federal tenta obter o depoimento do ex-presidente Lula como testemunha no inquérito sobre supostos repasses ilegais da Portugal Telecom ao PT.

As investigações foram abertas em 2012, após novas declarações do publicitário Marcos Valério de Souza, operador do chamado “mensalão”. Valério acusou Lula de intermediar pagamento de R$ 7 milhões ao partido, com o objetivo de pagar dívidas da campanha, de acordo com um depoimento prestado para a Procuradoria Geral da República.

As declarações geraram pelo menos dois inquéritos policiais, que tramitam em Brasília e Minas Gerais; além de outros seis procedimentos no Ministério Público Federal, sendo que pelo menos dois já foram arquivados.

Aprenda a investir na bolsa

Segundo fontes ouvidas pelo jornal O Estado de S. Paulo, Lula estará em Brasília amanhã e tentará marcar uma data para prestar esclarecimentos. De acordo com a Folha de S. Paulo, o convite feito em fevereiro para ajudar na apuração ainda não foi atendido por temor que o interrogatório vaze para a imprensa, ainda mais em um ano eleitoral. 

Lula não foi intimado e, se depender da vontade do comando da Política, não o será, pois tal medida é vista como exagerada.