Carf

PF prende em flagrante conselheiro do Carf que ofereceu vender voto ao Itaú

A ação ocorreu a partir de uma denúncia da instituição financeira, que recebeu a oferta do membro do Carf; a identidade do conselheiro não foi divulgada

SÃO PAULO – A Polícia Federal prendeu em flagrante na noite de quarta-feira (6) um conselheiro do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) em flagrante. Ele tentou vender seu voto no colegiado a representantes do banco Itaú Unibanco (ITUB4). 

A ação ocorreu a partir de uma denúncia da instituição financeira, que recebeu a oferta do membro do Carf; a identidade do conselheiro não foi divulgada. 

A prisão da última noite não tem relação com a Operação Zelotes. A operação foi batizada de “Quatro Mãos”, uma vez que o conselheiro preso sugeriu à instituição financeira que o voto fosse elaborado “a quatro mãos”.  

PUBLICIDADE