Lava Jato

PF encontrou documentos escondidos pelo Instituto Lula em Operação na sexta-feira

Ao procederem a busca e apreensão, os agentes da PF descobriram que o endereço era usado pelo Instituto Lula para esconder documentos fundamentais para a investigação

SÃO PAULO – Na última sexta-feira (4), enquanto o Brasil ficava de olho na Operação Aletheia, que conduziu o ex-presidente Lula para realizar um depoimento na Polícia Federal, uma outra operação foi buscar documento no número 139 da rua Gonçalo Pedrosa.

Ao procederem a busca e apreensão, autorizada pelo juiz Sergio Moro, os agentes da PF descobriram que o endereço era usado pelo Instituto Lula para esconder documentos fundamentais para a investigação. As informações são do site O Antagonista.

No local foram encontrados diversos documentos, incluindo contratos de prestação de serviço firmado pela LILS Palestras com grandes empreiteiras investigadas na Lava Jato, passaportes diplomáticos de Lula vencidos, boletos e notas fiscais emitidas pelo instituto. Para os investigadores da Lava Jato, a descoberta complica e muito a situação do ex-presidente, já que o ato configuraria obstrução de Justiça.

Especiais InfoMoney:

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

InfoMoney faz nova atualização na Carteira Recomendada de março; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa