Investigação

PF encontrou contrato para compra de sítio de Atibaia em operação na casa de Lula

Pela minuta, o sítio seria adquirido pelo petista em julho de 2012 e Lula pagaria R$ 200 mil no ato e R$ 600 mil em três prestações

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Durante a Operação Aletheia, que em 4 de março realizou uma busca e apreensão na casa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo do Campo, a Polícia Federal encontrou uma minuta de contrato de compra e venda do sítio Santa Bárbara, em Atibaia, ao preço de R$ 800 mil. O documento não está assinado.

Pela minuta, o sítio seria adquirido pelo petista em julho de 2012 e Lula pagaria R$ 200 mil no ato e R$ 600 mil em três prestações. Oficialmente, o sítio Santa Bárbara pertence aos empresários Fernando Bittar e Jonas Suassuna, mas apenas o nome de Bittar aparece na minuta.

Segundo a defesa de Lula, os empresários compraram a propriedade para oferecer como uma área de descanso ao ex-presidente. Lula afirma que soube do sítio no dia 15 de janeiro de 2011. Ele esteve na propriedade 111 vezes.

PUBLICIDADE

Especiais InfoMoney:

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

As novidades na Carteira InfoMoney para março

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa