Segundo Folha

PF encontra 130 comprovantes para reformas de sítio em apartamento de Lula

Também foi encontrado entre os recibos uma nota fiscal de uma porta de correr entregue em Atibaia, em que consta como cliente um engenheiro da Odebrecht

SÃO PAULO – Agentes da Polícia Federal encontraram no apartamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva um arquivo com cerca de 130 recibos de compras de materiais usados para a reforma do sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP). As contas somam R$ 66,1 mil e podem ser usadas pelos investigadores como mais uma evidência que relaciona o nome do petista à propriedade no interior paulista, cuja posse ele nega e está em nome de Jonas Suassuna e Fernando Bittar.

Conforme aponta a imprensa nacional, também foi encontrado entre os recibos uma nota fiscal de uma porta de correr entregue em Atibaia, em que consta como cliente um engenheiro da Odebrecht. Também aparecem recibos em nome de Igenes Irigaray Neto, arquiteto que trabalhou com José Carlos Bumlai, pecuarista suspeito de ter arcado, junto com as empreiteiras Odebrecht e OAS, com os custos de benfeitorias no sítio.

A defesa de Lula afirma que o ex-presidente tomou conhecimento de que a família Bittar havia comprado o sítio em janeiro de 2011, e que “nenhum documento levado ao inquérito altera esse fato”. Os advogados Cristiano Martins e Roberto Teixeira disseram ainda que os agentes deveriam apresentar conclusão apenas ao final das investigação, evitando a manifestação de desejos e opiniões previamente.

PUBLICIDADE