Operação Lava Jato

PF deflagra 26ª fase da Operação Lava Jato, com 110 ordens judiciais

A nova operação é um desdobramento da 23ª fase, denominada Acarajé, que prendeu o marqueteiro de campanhas petistas, João Santana, e sua esposa, Mônica

SÃO PAULO – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (22) a Operação Xepa, 26ª fase da Lava Jato. Ao todo, 380 agentes cumprem 110 ordens judiciais nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Piauí, Distrito Federal, Minas Gerais, Pernambuco, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. São 67 mandados de busca e apreensão, 28 de condução coercitiva, 11 de prisão e 4 de prisão preventiva.

A nova operação é um desdobramento da 23ª fase, denominada Acarajé, que prendeu o marqueteiro de campanhas petistas, João Santana, e sua esposa, Mônica. Segundo a PF, as investigações buscam esclarecimentos para o possível esquema de contabilidade paralela envolvendo a empreiteira Odebrecht.

Neste mês, o juiz federal Sergio Moro condenou Marcelo Odebrecht a 19 anos e 4 meses de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

PUBLICIDADE

O nome Xepa refere-se a “Feira”, apelido dado por funcionários da empreiteira a Santana. De acordo com os investigadores o marqueteiro e sua mulher receberam recursos não declarados no exterior.

Especiais InfoMoney:

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

As novidades na Carteira InfoMoney para março

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa