RADAR INFOMONEY AO VIVO Por que o Santander surpreendeu o mercado? Veja as perspectivas para as ações dos bancos

Por que o Santander surpreendeu o mercado? Veja as perspectivas para as ações dos bancos

Lava Jato

PF cumpre mandados na 45ª fase da Lava Jato; filho de ministro do TCU é alvo

De acordo com informações do G1, o advogado Tiago Cedraz – filho do ministro Aroldo Cedraz, do Tribunal de Contas da União (TCU) – é um dos alvos de mandados de busca

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO –  A Polícia Federal cumpre quatro mandados de busca e apreensão na 45ª fase da Operação Lava Jato nas cidades de Salvador, Brasília e Cotia, em SP, na chamada Operação Abate II. Segundo nota da PF, foi identificada a participação de “novos interlocutores que atuaram junto a Petrobras para favorecer a contratação de empresa privada e remunerar indevidamente agentes públicos”.

Ainda de acordo com a PF, dois advogados teriam supostamente participado de reuniões para planejar pagamento a agentes da Petrobras. “Paralelamente teriam recebido comissões pela contratação de empresa americana pela empresa petrolífera, mediante pagamentos em contas mantidas na Suíça em nome de empresa off-shore. Também se detectou a participação de ex-deputado federal e
sua assistente na prática dos crimes e no recebimento de pagamentos indevidos”, afirma a nota. 

De acordo com informações do G1, o advogado Tiago Cedraz – filho do ministro Aroldo Cedraz, do Tribunal de Contas da União (TCU) – é um dos alvos de mandados de busca. Segundo a TV Globo apurou, há uma intimação para que ele compareça imediatamente à superintendência regional da Polícia Federal, em Brasília, para prestar depoimento. Também foi descoberta a participação do ex-deputado federal Cândido Vaccarezza (PT do B/Avante) e uma assistente dele em supostos crimes e no recebimento de pagamentos indevidos. Ontem, o juiz federal Sérgio Moro decidiu mandou soltar o ex-deputado sob fiança de R$ 1,5 milhão. 

Aprenda a investir na bolsa