Decisão da 2ª instância

Petistas vão a Curitiba para acompanhar tramitação do processo de Lula

Gleisi Hoffmann disse que o esforço do PT é para garantir a liberdade de Lula o mais rápido o possível, daí o recurso impetrado no Supremo Tribunal Federal

arrow_forwardMais sobre

Um grupo de integrantes do PT pretende viajar ainda hoje (19) para Curitiba, no Paraná, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso.

A presidente nacional do partido, a senadora Gleisi Hoffmann (PR), e o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) coordenam uma comissão que vai acompanhar a tramitação do processo e prepara a eventual recepção a Lula.

Gleisi disse que o esforço do PT é para garantir a liberdade de Lula o mais rápido o possível, daí o recurso impetrado no Supremo Tribunal Federal.

PUBLICIDADE

“Estamos felizes porque se estabeleceu o preceito constitucional”, afirmou Gleisi Hoffmann. “[A decisão do] ministro Marco [Mello] restabeleceu o cumprimento da Constituição.”

Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, desde 7 de abril. Ele foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato, no caso do triplex.

Lula teve sua condenação confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), segunda instância da Justiça Federal, com sede em Porto Alegre.

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!