Pesquisas indicam que próximo primeiro-ministro do Japão será Taro Aso

Pesquisas feitas com membros do partido e de jurisdições indicam que nenhum outro candidato poderá alcançar Aso

SÃO PAULO – O secretário-geral do Partido Democrata Liberal do Japão, Taro Aso, deverá ser o próximo primeiro-ministro do país, segundo indicou pesquisas feitas com membros do partido e de jurisdições que têm direito a voto na eleição que será realizada na próxima segunda-feira (22).

No levantamento feito pela agência Asahi Shimbun, Aso tem 60% dos votos dos membros do partido, seguido pelo candidato Kaoru Yosano, que possui 5 votos.

Jurisdições

O secretário-geral também possui os três votos de 14 jurisdições, enquanto outras 17 afirmaram na pesquisa que o político terá, ao menos, dois votos e sete afirmaram que ele terá, no mínimo, um voto. Somente a jurisdição de Tottori afirmou que os três votos serão do candidato Ishiba.

Já na pesquisa feita pela Agência Kyodo por telefone com 1.445 pessoas que poderão votar, Aso tem 50,7% da preferência, seguido pela candidata Yoriko Koike, com 8,1%.

Na próximo segunda-feira (22), o Partido Democrata Liberal irá decidir quem será o substituto de Yasuo Fukuda, que renunciou ao cargo no começo do mês.