Pesquisa mostra disputa mais acirrada para eleições presidenciais da França

Hollande segue como favorito, com 53% das intenções de voto, mas distância para Sarkozy diminui em 2 pontos percentuais

SÃO PAULO – O candidato favorito a ganhar as eleições presidenciais da França, François Hollande, segue na liderança das intenções de voto. Entretanto, a distância entre ele e o atual presidente, Nicolas Sarkozy, diminuiu dois pontos, segundo a última pesquisa do Instituto Ipsos.

O candidato socialista, François Hollande, possui 53% das intenções de voto, enquanto o candidato conservador tem os 47% restantes das intenções, um ponto percentual a mais do que na semana passada. Essa movimentação seria uma resposta às previsões de uma mobilização do eleitorado centrista de François Bayrou e da abstenção de uma pequena parte dos eleitores do esquerdista Jean-Luc Mélenchon.

Os autores da pesquisa não atribuem a alta de Sarkozy aos eleitores da ultradireitista Marine Le Pen, uma vez que a porcentagem dos seus eleitores que votariam no atual presidente caiu de 60% para 54%. A pesquisa feita pelo instituto indicou menor rejeição a Sarkozy durante a campanha já que, em fevereiro, 57% dos eleitores desejavam “verdadeiramente” que o atual presidente vencesse. Na nova pesquisa, estes eleitores representam 45% do total. 

PUBLICIDADE

Ainda de acordo com o instituto, o candidato socialista Hollande conta com apoio de boa parte das categorias demográficas consultadas. A exceção fica com os tradicionais eleitores de direita, segmento composto por maiores de 60 anos, aposentados, artesãos comerciantes e empresários.