AO VIVO Especialista recomenda ativo ao vivo em aula sobre Fundos Imobiliários

Especialista recomenda ativo ao vivo em aula sobre Fundos Imobiliários

Adiamento

Pedido de vista adia análise de PEC que limita número de ministérios

A proposta, de autoria do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), constava da pauta da reunião de hoje (25) da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ)

Um pedido de vista coletiva adiou a votação da admissibilidade da proposta de Emenda à Constituição (PEC 299/13) que reduz de 39 para 20 o número de ministérios do governo federal.

A proposta, de autoria do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), constava da pauta da reunião de hoje (25) da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Pedidos de vista dos deputados Alessandro Molon (PT-RJ), Paulo Teixeira (PT-SP), Betinho Gomes (PSDB-PE) e do líder do PMDB, Leonardo Picciani (RJ), adiaram a votação.

Semana passada, a bancada do PMDB adiantou que trabalhará pela aprovação da proposta. Os deputados criticaram o que consideram excesso de ministérios. Atualmente, o governo da presidenta Dilma Rousseff, conta com 24 ministérios, dez secretarias com status de ministérios, além do Banco Central, Advocacia-Geral da União, Controladoria-Geral da União e Gabinete de Segurança Institucional da Presidência e Casa Civil, também com status de ministério.