Para PF, funcionária da Casa Civil formatou dossiê sobre gastos no Governo FHC

Investigação sugere que houve atropelo aos procedimentos da administração pública com banco de dados

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Investigação conduzida pela Polícia Federal indica que Maria de La Soledad Castrillo, chefe de gabinete da secretária-executiva Erenice Guerra, formatou o dossiê sobre gastos da presidência durante governo de Fernando Henrique Cardoso, afirma a Folha de S. Paulo.

A funcionária da Casa Civil era também diretora de recursos logísticos, e atuava junto à pessoa apontada como principal assessora da Ministra Dilma Rousseff, o que pode ampliar a cobrança de explicações pela oposição.

De acordo com a reportagem, a Polícia Federal concluiu que houve atropelo às normas da administração pública na confecção do que é denominado pelo Governo de banco de dados.

Luto no Legislativo

Aprenda a investir na bolsa

O Senador Jerfferson Peres, do PDT de Amazonas, faleceu nesta sexta-feira (23) vítima de um ataque cardíaco fulminante durante a manhã, em Manaus.

Líder da bancada do PDT no Senado, o parlamentar sempre foi identificado com a defesa da ética e do interesse público, perdendo a vida no momento em que seu partido enfrenta grave crise, após denúncias sobre desvios de recursos públicos pelo deputado federal Paulo Pereira da Silva.

Embora seu partido seja da base de apoio ao Governo, Péres sempre adotou um tom crítico em relação às ações do executivo. Em nota, o Presidente Lula afirmou que o Senador “sempre procurou guiar-se pelo que julgava ser o interesse público, mesmo nos momentos de divergências com o governo”.