De olho em 2016

Para ajudar Haddad, Lula pede a Dilma que libere R$ 8 bi do PAC a SP, diz Folha

Nos bastidores, destaca o jornal, a avaliação é de que, sem esse pacote, Haddad terá ainda mais dificuldades para ser reconduzido ao cargo de prefeito

SÃO PAULO – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preocupado com o cenário eleitoral em São Paulo e, com isso, pediu para a presidente Dilma Rousseff que libere R$ 8 bilhões em recursos federais para ajudar o prefeito Fernando Haddad. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O montante seria destinado à reurbanização de favelas e outros projetos, mas a liberação de verba ainda não contou com o aval da presidente Dilma. 

As demandas foram apresentadas na sexta-feira, dia do anúncio de contingenciamento e no dia em que Lula se encontrou com Dilma na Granja do Torto. Os dois trataram do pacote fiscal e de onde eles ainda podem atuar.

PUBLICIDADE

Nos bastidores, destaca o jornal, a avaliação é de que, sem esse pacote, Haddad terá ainda mais dificuldades para ser reconduzido ao cargo de prefeito. Os R$ 8 bilhões seriam utilizados para criar uma “marca na periferia” para Haddad, o que daria impulso à sua candidatura. O cenário eleitoral é considerado difícil e daí o esforço para aumentar a conexão com a população mais pobre. Com a ex-prefeita Marta Suplicy no páreo ano que vem, o cenário pode ficar complicado. 

Lula também cobrou que ministros do partido com base eleitoral na cidade de São Paulo desembarquem para fazer agenda política e, com isso, “ocupar espaço” a favor de Haddad.