Pesquisa da XP

Para 53% dos investidores, há chance de impeachment; 59% vê Levy como ministro até 2018

XP Investimentos realizou pesquisa com cerca de 70 investidores institucionais, que responderam sobre quatro temas: impeachment, câmbio de equilíbrio, Joaquim Levy e grau de investimentos

SÃO PAULO – Em pesquisa realizada com investidores institucionais, a XP Investimentos fez quatro questionamentos sobre temas que andam tomando cada vez maior espaço no noticiário e no cotidiano do brasileiro.

Os quatro temas são: impeachment de Dilma, câmbio de equilíbrio, probabilidade do ministro da Fazenda Joaquim Levy ficar no governo até o final de 2018 e o grau de investimento no Brasil. A pesquisa ouviu cerca de setenta investidores e apontou situações curiosas: de acordo com os ouvidos, há mais chances de Levy (59%) ficar até o final de 2018 do que chance zero de Dilma sofrer impeachment (43%).

Confira os resultados abaixo:

PUBLICIDADE

(a)  Qual a probabilidade de impeachment?

Para a probabilidade de impeachment, 53% dos respondentes acreditam que existe a possibilidade de que a presidente Dilma Rousseff não termine seu mandato sendo que, para 21% dos que responderam, a probabilidade do evento é acima de 10%. Para 47%, o impeachment não ocorrerá.

PesquisaImpeachment

b) Qual o câmbio de equilíbrio no país?

Cerca de 52% dos que responderam a pesquisa acreditam que o valor de equilíbrio para o câmbio está entre R$ 3,20 e R$ 3,50. Cerca de 36% acham que o câmbio ficará entre R$ 2,80 e R$ 3,00, enquanto 12% acham que o dólar ficará acima de R$ 3,50. 

Câmbiopesquisa

PUBLICIDADE


c) O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, chegará até o final de 2018?

Os investidores institucionais veem maior probabilidade de Levy ficar até o final de 2018 do que Dilma não ter nenhuma chance de sofrer impeachment. Dos questionados, 59% confiam que Levy atingirá o final de 2018 no cargo de ministro da Fazenda, sendo que 12% acreditam que 2015 será o ano de início e término do mandato de Joaquim Levy. 

“O cenário já se modificou bastante desde a chegada de Levy ao cargo”, avalia a XP Investimentos, destacando que o mercado aguardava a postura da presidente Dilma nas primeiras divergências com o ministro. E o que se conclui é que a relação é vista como mais saudável do que o esperado pelo mercado. 

PesquisaLevy

d) Qual a chance do Brasil perder o grau de investimento?

Sobre a chance do Brasil perdeu o grau de investimento, 78% avaliam que a probabilidade é superior a 10% e apenas 11% avaliam que o Brasil não corre esse risco. Cerca de 11% acham que a chance de perder o investment grade está entre 0% e 10%,  26% entre 10% e 25%, 41% entre 25% e 50% e 11% veem uma chance acima de 50%. 

Graudeinvestimentopesquisa