Papademos diz que Grécia já percorreu metade do caminho rumo à recuperação

Primeiro ministro grego reafirma que país se manterá no euro e que reformas de austeridade vão continuar mesmo após as eleições

SÃO PAULO – Em entrevista ao Financial Times, Lucas Papademos, primeiro-ministro grego, disse considerar que a Grécia já completou mais da metade do caminho necessário para a retomada de uma dinâmica de crescimento econômico.

Ele afirmou estar convicto de que a Grécia permanecerá na Zona Euro, porque as reformas exigidas serão efetivamente implantadas e porque essa é a vontade de “uma larga e silenciosa maioria” entre o povo grego, fazendo uma referência aos gregos que não saem às ruas para protestar, em contraponto a diversas greves que o país enfrenta nesse ano.

“Estou convencido de que já percorremos mais de metade do caminho que nos levará a uma retomada econômica – apesar da consolidação fiscal durar mais tempo. Taxas positivas de crescimento devem ser alcançadas em menos de dois anos”, disse.

PUBLICIDADE

Contas internas
No que se refere ao processo de contenção das contas públicas, Papademos disse que será mais demorado, mas que não está no horizonte um segundo pedido de renegociação da dívida. “Faremos tudo o que for necessário para garantir que esta foi a última reestruturação de dívida pública grega”, diz.

Por fim, em meio a um programa de austeridade aprovado por dois terços do parlamento, Papademos lembrou que possui um forte apoio político e, assim, a Grécia deverá se manter no bloco da moeda comum.