Países da África mostram interesse no biodiesel brasileiro

O presidente Lula reuniu-se com líderes africanos durante a Cúpula entre a América do Sul e a África

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente do Brasil pretende aumentar suas transações comerciais com a África, principalmente em relação ao biodiesel.

Lula reuniu-se nesta quarta-feira com diversos representantes de países africanos na primeira Cúpula entre a América do Sul e a África para discutir pontos de cooperação entre as duas regiões.

O ministro das Relações Exteriores Celso Amorim enfatizou o interesse dos países africanos no biodiesel produzido no Brasil, já que muitos deles não possuem petróleo e podem tornar-se produtores e exportadores de combustível.

Reuniões bilaterais

Aprenda a investir na bolsa

Realizada em Abuja, a Cúpula deve contar com a presença de 40 líderes africanos e 6 sul-americanos, para discutir a integração entre os dois continentes.

Lula chegou ao local nesta manhã, mas precisou reduzir a agenda prevista para o dia devido a uma torção no tornozelo. O presidente brasileiro concentrou-se em encontros bilaterais com representantes de países africanos como Togo, Gana, Moçambique e Argélia.

Mesmo pouco significativo em relação ao montante total das exportações, o saldo da balança comercial brasileira com a África passou de US$ 5 bilhões para US$ 12 bilhões nos últimos três anos.