RADAR INFOMONEY Aposta em alta de ações da Suzano, Bolsa cai com temor na Europa e a "nova CPMF"; assista ao programa desta sexta

Aposta em alta de ações da Suzano, Bolsa cai com temor na Europa e a "nova CPMF"; assista ao programa desta sexta

Pacote de estímulo de US$ 787 bilhões é aprovado pela Câmara dos EUA

Versão ajustada do plano de Obama recebe 246 votos a favor e 183 contra; texto será votado pelo Senado até o final do dia

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A Câmara dos Estados Unidos aprovou o projeto de estímulo econômico encabeçado pelo presidente Barack Obama no final da tarde desta sexta-feira (13). O próximo passo é o aval do Senado, que deve abrir votação até o final do dia.

O pacote de estímulo já havia passado pela Câmara dos Representantes, que o concluiu em US$ 838 bilhões. Posteriormente, passou pelo Senado com ajustes, que o colocaram na cifra de US$ 819 bilhões. Os dois textos foram unificados pelo Congresso, que fechou a proposta final em US$ 787 bilhões.

A aprovação veio após campanha de Obama ao longo de toda a semana, que utilizou dos fracos indicadores econômicos para pressionar os partidários, que mostravam forte resistência em sua parcela republicana.

PUBLICIDADE

Para se ter uma idéia da força da oposição, o texto que recentemente passou pelo Senado foi aprovado com o mínimo de votos necessários. Nesta sexta-feira, a votação do projeto final pela Câmara acabou com placar de 246 votos a favor e 183 votos contrários.

Mais informações em breve.