Expresso Político

Os “fatores invisíveis” que ainda influenciarão as eleições até outubro

Por trás de um elevado desejo por renovação e repulsa ao establishment político, os efeitos de muitos fatores relevantes para o resultado da corrida presidencial ainda são desconhecidos

SÃO PAULO – A pouco menos de cinco meses das eleições, dois dos principais candidatos à presidência são figuras mais distantes do establishment político. São eles: o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) e a ex-senadora Marina Silva (Rede). De acordo com pesquisa CNT/MDA divulgada na última segunda-feira, os dois somam até 37% das intenções de voto nos cenários em que a candidatura de Lula não é considerada. Ao mesmo tempo, brancos, nulos e indecisos acumulam até 45% do eleitorado, em uma clara indicação de insatisfação com os nomes até o momento postos. Uma análise muito centrada nos dados presentes, porém, pode deixar de lado “fatores invisíveis” que certamente influenciarão no resultado da disputa pelo Palácio do Planalto. Este é o tema do quarto vídeo do Expresso Político, um espaço de análises semanais produzidas em vídeo pelo InfoMoney. Confira a íntegra pelo vídeo abaixo: