Obstrução

Oposição vai obstruir votações até decisão do STF sobre rito de impeachment

"Discuti com líderes de outros partidos de oposição para que a gente intensifique o movimento de obstrução, que já tem sido feito nos últimos dias, enquanto aguardamos um posicionamento do STF", afirmou o líder do DEM, Mendonça Filho

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

O líder do Democratas, deputado Mendonça Filho (PE), anunciou que a oposição vai permanecer em obstrução nas votações da Câmara dos Deputados até que haja uma definição do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a ação do PCdoB que questiona o rito a ser adotado em processo de impeachment.

“Discuti com líderes de outros partidos de oposição para que a gente intensifique o movimento de obstrução, que já tem sido feito nos últimos dias, enquanto aguardamos um posicionamento do STF. A Casa não pode viver uma verdadeira guerrilha jurídica, que foi estabelecida pelos partidos ligados ao governo da presidente Dilma para evitar um processo constitucional de impedimento”, afirmou.

Segundo Mendonça Filho, os líderes de oposição também pediram ao STF que atuem como parte interessada na ação do PCdoB (“amicus curiae”).

Aprenda a investir na bolsa

É hora ou não é de comprar ações da Petrobras? Veja essa análise especial antes de decidir: