Oposição discorda sobre indicação de presidente da CPI dos Cartões Corporativos

Governo indica senador do PMDB para presidência das investigações, mas oposição exige representantes na banca

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Após autorizada a CPI mista, o governo desagradou profundamente a oposição, indicando o senador Neuto de Conto, do PMDB de Santa Catarina, como presidente da comissão da CPI dos Cartões Corporativos.

Os oposicionistas exigem a presença de um representante na presidência das investigações, já que eles afirmam que o governo só está interessado em defender o poder Executivo, e não em realizar as apurações.

PMDB defende Conto no Senado

Vladir Raupp, líder do PMDB no Senado, defendeu o senador indicado à presidência da CPI mistas, argumentando que Neuto de Conto é completamente capaz de assumir qualquer cargo no Senado.

PUBLICIDADE

O líder ainda ressaltou que o governo não está planejando estratégia alguma, pois as investigações são compostas de membros de todos os partidos, e que o nome de Conto não deve ser enfraquecido pelo fato dele não ter sido elegido pelo voto direto das urnas.