OMC quer que Japão mude os impostos de produtos coreanos até setembro

A Coréia do Sul havia entrado com uma açãocontra os altos impostos sobre a importação de chips pelo Japão

SÃO PAULO – A OMC (Organização Mundial do Comércio) anunciou, na última segunda-feira (05), um prazo para que o Japão corrija os impostos cobrados na importação de chips de computador da Coréia do Sul.

Com isso, o país tem até o dia 01 de setembro deste ano para recalcular as tarifas conforme as regras internacionais.

Requisição coreana

A Organização agiu, após o pedido feito pela Coréia do Sul, contra as taxas de 27,2% cobradas sobre a importação dos produtos pelo Japão. No início deste ano, o governo japonês afirmou que levaria um ano para corrigir a cobrança, porém, o governo coreano exigiu mudanças imediatas.

PUBLICIDADE

A disputa teve início em janeiro de 2006, quando o Japão aumentou os impostos sobre os chips da empresa Hynix Semiconductor Inc., afirmando que o suporte financeiro dado por um banco para a fabricante constituía em subsídios governamentais.

Porém, em dezembro do mesmo ano, a OMC defendeu a Coréia do Sul, afirmando que o investimento foi feito na forma de empréstimos bancários e não como afirmava o Japão.