AO VIVO Especialista responde como a flexibilização trabalhista na pandemia afeta a sua vida; assista e mande suas perguntas

Especialista responde como a flexibilização trabalhista na pandemia afeta a sua vida; assista e mande suas perguntas

Delação da Odebrecht

Odebrecht diz que tentou desistir do “Itaquerão”, mas foi cobrado por Lula: “vocês têm que fazer o estádio”

Em delação, Marcelo Odebrecht imitou Lula ao narrar cobrança pela construção do estádio do "time do coração" do ex-presidente

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Em delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato, o empresário Marcelo Odebrecht afirmou que a obra do estádio da Arena Corinthians, conhecido popularmente como “Itaquerão” foi feita para atender um pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Odebrecht tentou desistir do projeto, mas foi cobrado pelo petista em 2011 de forma a cumprir o compromisso de erguer o estádio para o Corinthians, “time do coração” de Lula. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. 

“Vocês têm que fazer o estádio, olha quantas coisas você ganha aqui, pô’.” A frase teria sido dita por Lula ao patriarca do Grupo Odebrecht, o empresário Emílio Odebrecht, e a ele, Marcelo. 

“Teve um momento que tentei desistir do estádio. Foi logo após saber que a obra, que era para ser um estádio para 30 mil pessoas, virou um projeto para a Copa e cujo valor saltou dos R$ 400 milhões para mais de R$ 800 milhões”.

PUBLICIDADE

Odebrecht teria dito então aos seus executivos em 2011, quando começavam as movimentações para a obra: “vamos sair, não vamos ganhar nada com isso”. 

“Aí é aquela história, entra Lula, André Sanchez recorre a Lula. Teve um evento de empresários em Comandatuba, a gente tinha pedido para Lula fazer uma palestra. Aí nesse evento, antes da palestra, Lula pediu uma reunião comigo e com meu pai. Foi Alexandrino (Alencar), foi (Benedicto) Junior, se não me engano André Sanchez estava lá”, afirmou o ex-presidente da Odebrecht. “Aí vem aquela: ‘vocês têm que fazer o estádio, olha quantas coisas você ganha aqui, pô, faz…’”, disse Odebrecht, com voz rouca, imitando Lula. “Aí, faz a p… do estádio.”

De acordo com Marcelo Odebrecht, Lula cobrava o compromisso assumido pelo grupo de construção do estádio do Corinthians, como favor ao petista e seu time de coração.“A gente sempre ficava no pé do Lula, porque no fundo quem tinha metido a gente nesse enrosco, foi o Lula.”

Marcelo Odebrecht apontouque o projeto do Itaquerão foi um “atoleiro”: “você começa, você entra no atoleiro e não sabe como sair depois.” Com dívida na Caixa, valores da obra a serem recebidos pela construção, a obra resultou em prejuízos.

Ao ser perguntado sobre “quem vai pagar a conta no final?”, o ex-presidente da Odebrecht respondeu: “Acho que no final, perde a gente, perde o Corinthians, perde a Caixa, perde todo mundo. É o tipo de jogo que todos perdem”.