Obama pode nomear ex-presidente do Fed para chefiar comitê contra crise

Segundo Wall Street Journal, Paul Volcker seria o líder de bancada, cujos membros caracterizam-se por ser "apartidários"

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Segundo matéria publicada no The Wall Street Journal, o recém-eleito presidente dos EUA, Barack Obama, irá anunciar nesta quarta-feira (26) a nomeação de Paul Volcker para chefiar o novo comitê destinado a superar a crise financeira.

Utilizando como fonte o próprio partido dos Democratas, o jornal afirmou ainda que, além do antigo chairman do Fed no governo de Jimmy Carter e Ronald Reagan, o time será composto pelo economista da Universidade de Chicago Austan Goolsbee, um dos mais antigos conselheiros políticos de Obama.

A plataforma administrativa, adotada pela primeira vez pelo presidente Dwight Eisenhower em 1956, no auge da Guerra Fria, visa unir membros apartidários e que estejam de fora do governo atual, levantando “conselhos” para que o presidente consiga dar uma guinada na economia do país.

Apoio político

Aprenda a investir na bolsa

De acordo com o artigo, o novo comitê não procura “tapar os buracos” existentes entre o Tesouro dos EUA e as outras estruturas políticas da nação, sendo apenas uma fonte de idéias externas à burocracia do sistema. Pelo terceiro dia consecutivo, Obama segue antecipando nomes para o novo governo, na véspera do feriado de Ação de Graças.

Entre os membros já citados nesta semana, destaque para o novo secretário do Tesouro, Timothy Geithner, o diretor do Conselho Econômico Nacional, Lawrence Summers, e Christina Romer, que irá liderar outra bancada de conselheiros econômicos.