Número de internautas residenciais no Brasil atinge os 24,3 milhões em agosto

Segundo Ibope, o tempo médio de navegação residencial por internauta brasileiro foi de 23 horas e 50 minutos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Cada vez mais brasileiros têm acesso residencial à internet, apontam dados do Ibope NetRatings divulgados na última quarta-feira (01). No mês de agosto, o número de internautas residenciais ativos atingiu a marca de 24,3 milhões de usuários, um crescimento de 26,1% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Em relação ao mês de julho, o aumento foi de 2,6%. Em dois anos, o uso da internet residencial cresceu 78%. O número de pessoas com acesso à web em casa também cresceu e atingiu 36,3 milhões.

Segundo o estudo, o tempo médio de navegação residencial por internauta brasileiro foi de 23h50min, tempo inferior ao registrado em julho, de 24h54min. O Brasil continuou liderando o ranking de tempo gasto com a internet no mês passado, dentre dez países analisados. Logo após o País, aparecem Reino Unido, com 21h45 e Alemanha, com 21h02.

Olimpíadas atrai internauta

Aprenda a investir na bolsa

Com a realização das Olimpíadas de Pequim, os sites esportivos viram o número de acessos crescer e chegar a 10,8 milhões de usuários, o que representa 44,5% do total de 24,3 milhões. Esse número é supera até os 42,2% registrados em julho do ano passado, quando foram realizados os jogos Pan-Americanos do Rio.

O Brasil também registrou o maior alcance entre os países monitorados. Na França, 42,2% dos internautas domiciliares navegaram por sites desse tipo. No Reino Unido esse índice foi de 42,1%.

“Em alguns países europeus, os internautas navegaram mais em sites de esportes no mês de junho, durante a Eurocopa 2008. O que diferenciou o Brasil dos demais países foi o interesse pelos jogos ter começado já em julho, além da maior procura por vídeos durante a competição. O Brasil também apresentou forte crescimento da proporção de crianças navegando em sites esportivos no mês da Olimpíada”, afirma o analista de mídia do Ibope NetRatings, José Calazans.

Categorias

Por tempo de utilização por pessoa, as categorias com melhor desempenho foram Viagens e Turismo, com crescimento de 52,2%, Notícias e Informações, com 35,9% de crescimento, e Comércio Eletrônico, com alta de 34,6%.