No Japão, aprovação ao governo de Aso cai, mesmo após medidas contra crise

A aprovação caiu 5,4 pontos percentuais, para 40,5%. Já a taxa de desaprovação aumentou para 41,9%

SÃO PAULO – Mesmo a adoção de um pacote de medidas contra a crise, a aprovação ao governo do primeiro-ministro japonês, Taro Aso, caiu no último mês, em 5,4 pontos percentuais, de acordo com uma pesquisa do Yomiuri Shimbun.

Com isso, o índice de pessoas que apóiam o atual governo ficou em 40,5%. Já a taxa de desaprovação aumentou 3,3 p.p., atingindo 41,9%.

Análise dos japoneses

Para 27% dos japoneses que disseram aprovar o governo, Aso é um líder capaz, enquanto 38% dos que o desaprovam, afirmam que suas medidas não irão funcionar.

PUBLICIDADE

Considerando o pacote econômico contra a crise, 56% desaprovaram a proposta de destinar ¥ 2 trilhões em benefícios para os consumidores, enquanto 38% disseram concordar com a medida.

Já na avaliação sobre a intenção de adiar a convocação de novas eleições, a maioria (56%) aprovou, contra 33% que discordaram.