Energia

No Facebook, Dilma destaca “Apagão Zero” e diz que racionamento está descartado

Presidente relembra nota da Fazenda do início do mês onde o secretário da pasta destaca a ajuda ao setor elétrico e a "chance zero" de racionamento

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em uma publicação feita às 13h (horário de Brasília) no Facebook, a presidente Dilma Rousseff exaltou a declaração feita pelo secretário-executivo do ministério da Fazenda, Paulo Rogério Caffarelli, que descarta a possibilidade de um racionamento de energia no Brasil. Apesar da informação ser antiga – a declaração de Caffarelli foi feita no dia 7 – a publicação contou com uma imagem destacando a informação e o título “APAGÃO ZERO”.

O “post” ainda contém um link para uma nota do Blog do Planalto do dia 11 de agosto que fala sobre as declarações do secretário. O descarte do racionamento ocorre por causa da ajuda ao setor elétrico no valor de R$ 6,6 bilhões que foi feita na última semana. Do total investido R$ 3,6 bilhões serão de sete bancos, e outros R$ 3 bilhões, do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

A nota ainda destaca a avaliação do CMSE (Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico), órgão ligado ao Ministério de Minas e Energia, que disse que, com base em avaliações técnicas, é possível afirmar que o risco de déficit de energia no sistema elétrico brasileiro em 2014, que poderia gerar crise de abastecimento, é “igual a zero para os subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Nordeste”.

Aprenda a investir na bolsa

Vale lembrar que no Jornal Nacional desta segunda-feira (18), a presidente Dilma será entrevista por 15 minutos pelos apresentadores William Bonner e Patrícia Poeta, dando continuidade à série iniciada na última semana e paralisada por conta do acidente que matou o candidato Eduardo Campos.