Corrupção

Ninguém fica de fora: todos os políticos eleitos receberam caixa 2, diz Marcelo Odebrecht

Odebrecht revelou ainda que 75% dos valores destinados às campanhas políticas no Brasil eram pagos fora do sistema oficial

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Todos os políticos eleitos nas últimas eleições receberam caixa 2, seja diretamente para suas campanhas seja via recursos obtidos por seus partidos para financiar as disputas eleitorais. A afirmação foi feita pelo empresário Marcelo Odebrecht em depoimento ao Tribunal Superior Eleitoral na ação que apura abuso de poder político e econômico da chapa Dilma-Temer

“Duvido que tenha um político no Brasil que tenha se eleito sem caixa 2. E, se ele diz que se elegeu sem, é mentira, porque recebeu do partido. Então, impossível”, afirmou, segundo reportagem do jornal O Estado de S.Paulo

Odebrecht revelou ainda que R$ 3 de cada R$ 4 destinados a campanhas políticas no Brasil chegavam ao caixa dos candidatos de maneira irregular. O empresário argumenta que os valores declarados oficialmente nas prestações de contas eram muito inferiores aos gastos e que, portanto, era “impossível” que não houvesse doações ilegais. “Caixa 2, para a gente, e eu acho que para todas as empresas, era visto como natural”, afirmou.

Aprenda a investir na bolsa