Morte de Teori Zavascki

“Nem tudo está perdido”, diz Sérgio Moro sobre relatoria da Operação Lava Jato

Em um breve pronunciamento, juiz federal afirmou que Teori Zavascki foi um verdadeiro herói

O juiz federal rgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, afirmou hoje (21) que a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, foi uma grande perda para a magistratura. Ele deu a declaração durante o velório de Zavascki na sede do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre.

“Há uma grande desolação da magistratura, de todos que o conheciam, especialmente aqui da 4ª Região, onde ele construiu sua carreira”, disse o juiz ao deixar a cerimônia. 

Em um breve pronunciamento, ele afirmou: “vim prestar homenagem ao ministro Teori Zavascki,  já me manifestei publicamente a respeito. Acredito que, pela qualidade, relevância e importância pelos serviços que ele prestava, e a situação difícil desses processos, pela importância desses processos, ele foi um verdadeiro herói. Há uma grande desolação da magistratura, todos que o conheciam, especialmente aqui da quarta região, onde ele fez carreira profissional”.

PUBLICIDADE

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, em conversas reservadas, Moro disse, em referência à relatoria da Operação Lava Jato, que “nem tudo está perdido”. O juiz tem sido cumprimentado por populares e parentes de Teori por sua atuação.

O velório de Teori Zavascki é reservado a parentes, amigos e autoridades. O enterro do ministro do STF está marcado para às 18h, no Cemitério Jardim da Paz, na zona leste de Porto Alegre.

(Com Agência Brasil)