Doria 2?

“Nem de direita, nem de esquerda”, vice da RedeTV! diz que foi sondado para disputar eleição em 2018

Em entrevista à revista Veja, o sócio da emissora afirmou, sem revelar nomes, que dois partidos já o procuraram para disputar o governo de São Paulo

SÃO PAULO – Inspirado pelo ex-apresentador e atual prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), o vice-presidente da Rede TV!, Marcelo de Carvalho, revela que tem pretensões eleitorais para 2018 e que o desempenho do tucano nas urnas foi “fundamental” para sua decisão de ingressar no mundo político.

Em entrevista à revista Veja, o sócio da emissora afirmou, sem revelar nomes, que dois partidos já o procuraram para disputar o governo de São Paulo. Questionado sobre suas posições políticas, o marido da apresentadora Luciana Gimenez se esquivou. “Não sou nem de direita, nem de esquerda, nem da vertical e nem da horizontal”, disse.

Na tentativa de transmitir uma imagem ideologicamente neutra, o executivo disse que não é possível defender a implementação de uma “república comunista brasileira” nem ser favorável a posturas neonazistas ou de extrema direita. No entanto, Carvalho ofereceu uma definição sobre seu posicionamento: “eu sou um desenvolvimentista”, resumiu.

PUBLICIDADE

Projetando o cenário eleitoral do ano que vem, Carvalho descarta disputar a prefeitura de São Paulo porque a capital paulista já está “muito bem servida” com Doria e que aposta que o tucano deve terminar seu mandato para não “atropelar” os planos presidenciais do atual governador, Geraldo Alckmin (PSDB).

Carvalho é mais um nome do “mundo empresarial” que surge como possível candidato nas eleições de 2018. O também apresentador Roberto Justus e o presidente da Riachuelo, Flávio Rocha, já tiveram os nomes cotados para cargos públicos.