Nelson Jobim assume Ministério da Defesa no lugar de Waldir Pires

Ex-ministro deixa o cargo desgastado por dez meses de crise aérea e pelo acidente com o avião da TAM

SÃO PAULO – Tomou posse nesta quarta-feira (25) o novo ministro da Defesa, Nelson Jobim, que assumiu o cargo deixado por Waldir Pires, desgastado por dez meses de crise aérea e pelo acidente com o avião da TAM no último dia 17.

Nelson Jobim foi deputado federal pelo Rio Grande do Sul durante duas legislaturas e foi levado por Fernando Henrique Cardoso do Ministério da Justiça para o Supremo Tribunal Federal em 1997. Após assumir a presidência do STF, em junho de 2004, dedicou grande parte de sua agenda a audiências com parlamentares, governadores e prefeitos.

Antes de aceitar o convite para assumir o Ministério da Defesa, Jobim chegou a sofrer um embate com o governo. Ele desistiu de disputar a presidência do PMDB com o deputado federal Michel Temer por sentir que sua candidatura havia perdido o apoio do Planalto.

Reação na Câmara

PUBLICIDADE

A nomeação do novo ministro gerou reação na Câmara dos Deputados. O deputado Fernando Gabeira considerou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva demorou muito para tomar a decisão e questiona se a decisão foi a mais acertada.

Já para a deputada Luciana Genro, o problema é o desentendimento entre a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e a Infraero, e a mera troca de nomes não garante mudanças. “É preciso que haja uma política real do governo de fazer essa mudança e de dar essa força ao Ministério da Defesa”, disse Luciana.