Negociações falham na Grécia e novas eleições devem ser convocadas

População grega deverá voltar às urnas no próximo mês, quando o governo deve acertar novas medidas de austeridade fiscal

SÃO PAULO – As negociações para a formação de um governo de coalizão na Grécia falharam. Segundo informa a imprensa internacional, Panos Kammenos, líder de um partido conservador que se opõe ao programa de resgate, confirmou em frente ao palácio presidencial que as conversas não chegaram a um acordo.

Assim, o líder socialista Evangelos Venizelos anunciou à mídia internacional que novas eleições serão convocadas, provavelmente em junho, mês no qual os membros do governo terão que acertarmais € 11 bilhões em medidas de austeridade para dar continuidade ao plano de resgate.

O presidente do país, Karoulos Papoulias, havia pedido que fosse formado um governo tecnocrata, mas ainda mais cedo membros da esquerda já rejeitavam esse pedido.