Naoto Kan é reeleito presidente do Partido Democrático do Japão

Candidato venceu a disputa contra Ichiro Ozawa por 721 votos contra 491; a prioridade do primeiro-ministro é combater a deflação

SÃO PAULO – O primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, foi reeleito o presidente do Partido Democrático do Japão, derrotando o opositor Ichiro Ozawa por 230 votos de diferença. Na disputa, foram contabilizados 1.212 votos.

Dentre as prioridades econômicas, o primeiro-ministro citou a necessidade de impulsionar a economia e a criação de empregos. “Nós vamos superar os últimos vinte anos de deflação, criar uma economia forte e reavivar o mercado de trabalho”, disse Kan, na véspera.

A vitória põe fim às preocupações de que o governo liderado por Ozawa levasse a um aumento nos rendimentos dos títulos do governo. O candidato prometeu dobrar o pacote de estímulos de US$ 11 bilhões, anunciado recentemente.

PUBLICIDADE

Medidas para sanar economia desagradam partido
Kan prometeu marcar uma sessão especial no Parlamento, ainda sem data definida, para considerar a elaboração de um orçamento suplementar, se necessário.

Alguns membros do Partido Democrático do Japão culparam-no pela perda do partido nas eleições para o Senado, após ele sugerir a intenção de dobrar a taxa de impostos sobre vendas do Japão, para diminuir um déficit que está próxima de 200% do PIB (Produto Interno Bruto).