Presidente do Senado

Não é prudente marcar sessão do Congresso nesta semana, diz Renan Calheiros

"Todos sabem que os vetos continuam mantidos enquanto não são apreciados, e isso é muito bom", afirmou o presidente do Senado

O melhor é fazer a convocação do Congresso Nacional no tempo certo. A declaração foi dada pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, na tarde desta terça-feira (13). Conforme matérias publicadas pela imprensa, o governo queria a realização de uma nova sessão do Congresso para discutir a derrubada dos vetos da presidência a matérias aprovadas pelo Parlamento já nesta quarta-feira (14). Renan, porém, disse que ainda não se decidiu sobre o assunto.

– Todos sabem que os vetos continuam mantidos enquanto não são apreciados, e isso é muito bom. Então, não é prudente fazer esta semana uma sessão do Congresso Nacional – declarou Renan.

A pauta do Congresso traz vetos polêmicos que, se derrubados, podem causar grande impacto financeiro nas contas do governo. É o caso do veto que rejeita integralmente a proposta de aumento de até 78% para os servidores do Judiciário. O governo alega que a medida geraria efeito contrário ao atual esforço fiscal em curso para tirar o país da crise econômica.  A estimativa é de que o reajuste custaria aos cofres públicos R$ 36,2 bilhões até 2019.

PUBLICIDADE

A última tentativa de reunir o Congresso ocorreu na quarta-feira passada (7). A sessão, no entanto, teve de ser encerrado por falta de quórum por parte dos deputados.