RADAR INFOMONEY Ações da Vale, Gerdau e Usiminas são vistas com otimismo por analistas antes de balanços; assista ao programa desta segunda

Ações da Vale, Gerdau e Usiminas são vistas com otimismo por analistas antes de balanços; assista ao programa desta segunda

Não é moleza ser ministro, os salários são muito baixos, afirma Lula

Para ele, ministros que aceitam trabalhar na administração pública acabam recebendo menos do que na iniciativa privada

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Nesta sexta-feira (16) em Brasília, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que os atuais salários dos ministros são muito baixos comparados às remunerações da iniciativa privada. “Quando eu fico vendo os ministros que ganhavam muito bem virem ganhar R$ 7.000, R$ 8.000, eu digo que eles são heróis”, afirmou o presidente.

Segundo Lula, algumas empresas chegam a oferecer salários dez vezes maiores do que o funcionalismo público. “Quem pensa que é moleza ser ministro, digo que não é”, ressaltou ele.

Certo ou errado, o fato é o de que os ministros ganham atualmente R$ 8.362,80 mensalmente. Os ministros com mandato parlamentar podem escolher entre o salário do Executivo e do Legislativo, que é de R$ 12.847,20 para deputados. Além disso, alguns ministros participam dos conselhos administrativos de empresas, o que eleva as suas remunerações.

Posse dos novos ministros

Aprenda a investir na bolsa

Nesta sexta-feira, o presidente Lula participou da cerimônia de posse de três novos ministros: Geddel Vieira Lima, da Integração Nacional, José Gomes Temporão, da Saúde, e Tarso Genro, da Justiça.

Na ocasião, Lula afirmou a José Gomes Temporão que o médico sanitarista terá que lidar com um “pepino”. “Se na teoria você parecia tudo isso, vamos dar o pepino da saúde para você administrar”, disse o presidente.

Quem será o ministro da Agricultura?

A respeito do Ministério da Agricultura, Lula ressaltou que a decisão sobre os ministros que vão compor o seu segundo governo é de sua responsabilidade. A pasta, que foi cedida ao PMDB, aguarda o nome do futuro ministro.

O partido recomendou o nome de Odílio Balbinotti (PMDB-PR) para o cargo. Lula teria aceitado a indicação para agradar ao partido, mesmo sem conhecer o deputado pessoalmente.

A indicação, no entanto, perdeu força depois de descoberto que Balbinotti vem sendo investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por crime de falsidade ideológica em declaração que ele teria prestado ao Banco do Brasil para obter condições especiais de pagamento de empréstimo na década de 90.

A posse de Balbinotti, prevista inicialmente para esta sexta-feira, foi adiada para o próximo dia 22, com a alegação de que o atual ministro Luís Carlos Guedes Pinto está viajando.

PUBLICIDADE