Na Turquia

“Não concordo com avaliação de Lula sobre Levy”, diz Dilma, que reitera: “ele fica”

Perguntada se tinha problemas com Henrique Meirelles, um dos mais cotados para substituir Levy, Dilma disse que não tem problemas com ninguém e que é “Dilminha paz e amor”

SÃO PAULO – Em entrevista coletiva em Antália, na Turquia, onde participa de reunião do G-20, a presidente Dilma Rousseff reiterou o seu apoio ao ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que vem sendo alvo de diversos rumores sobre sua possível saída do governo nas últimas semanas. “O ministro Levy fica aonde está”, disse a presidente.

Ela chegou a ser mais direta sobre as movimentações do ex-presidente Lula contra o ministro. “Não concordo com Lula. E não temos de concordar com todas as avaliações de pessoas das quais gosto imensamente.” “Repito: Levy é um grande servidor público, tem compromisso com a estabilidade do país”, disse ela, afirmando que “as especulações sobre Levy são nocivas”. “ Venho sistematicamente afirmando que Levy fica”, destacou.

Perguntada se tinha problemas com Henrique Meirelles, um dos mais cotados para substituir Levy, Dilma disse que não tem problemas com ninguém e que é “Dilminha paz e amor”.

PUBLICIDADE

Ontem, o ministro da Fazenda afirmou que permanece do cargo, dizendo: “acho que tenho o apoio da presidente”. 

É hora ou não é de comprar ações da Petrobras? Veja essa análise especial antes de decidir:

 

Leia também:

Você investe pelo banco? Curso gratuito mostra como até dobrar o retorno de suas aplicações

PUBLICIDADE