AO VIVO A Janela de R$ 1 Trilhão: como se posicionar na Bolsa em momento histórico; assista

A Janela de R$ 1 Trilhão: como se posicionar na Bolsa em momento histórico; assista

“Não acompanhei nada desse patético espetáculo que foi o impeachment tabajara de Dilma”, diz Joaquim Barbosa

Barbosa criticou também o agora presidente Temer chamando sua entrevista de "patética"

SÃO PAULO – O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa comentou na noite desta quarta-feira (31) os acontecimentos de hoje sobre o impeachment de Dilma Rousseff. Ele disse em seu Twitter que não acompanhou o que chamou de “patético espetáculo que foi o ‘impeachment tabajara’ de Dilma Roussef. Não quis perder tempo”.

Barbosa criticou ainda o agora presidente da República, Michel Temer. “Mais patética ainda foi a primeira entrevista do novo presidente do Brasil, Michel Temer. O homem parece acreditar piamente que terá o respeito e a estima dos brasileiros pelo fato de agora ser presidente. Engana-se”.

O ex-ministro continuou suas críticas, mas em inglês. “É tão vergonhoso. De repente as forças conservadoras levaram o Brasil. Tomaram tudo!”. Para ele, o Congresso está dominado por essas forças, que rodeiam o novo presidente, chamado por ele de “velho caudilho latino-americano”. “Eles estão conduzindo a mídia, incluindo as televisões”. “Mas sabem de uma coisa? Eles não têm votos. Apenas esperem alguns anos”, concluiu Barbosa em suas críticas.